sábado, 26 de julho de 2008

Sobrepeso e Obesidade Infantil


Aproximadamente 25% das crianças e adolescentes estão com sobrepeso ou são obesas. As crianças obesas são freqüentemente alvos de discriminação. A obesidade infantil aumenta o risco de obesidade na maturidade. Para a criança que é obesa após os 6 anos, a probabilidade de obesidade na maturidade excede 50% e os riscos são significativamente maiores se ou mãe ou pai forem obesos. A obesidade em adultos que começou na infância tende a ser mais grave.
A obesidade infantil está ligada a anormalidades na pressão sangüínea, lipídeos, lipoproteínas e níveis de insulina nos adultos. Além disso, aumentar a incidência de diabetes Tipo 2 em crianças é paralelo ao aumento da prevalência de obesidade.
As crianças não devem ser colocadas em “dietas”. O objetivo de tratamento para a criança que está com sobrepeso deve ser a manutenção do peso ou uma redução da velocidade do ganho de peso. Isto propicia à criança tempo para “aumentar” sua altura. Se o peso adequado para altura de adulto, quando antecipada, da criança já foi atingido, a manutenção do peso deve ser então o objetivo ao longo da sua vida.
Obviamente, a criança que precisa reduzir o seu peso necessita de mais atenção da família e dos profissionais de saúde, além de um esforço de sua parte. Esta atenção deve ser dirigida a todas as áreas citadas previamente com modificações dos hábitos alimentares da família e aumento da atividade física. O programa deve ser a longo prazo, durante todo período de crescimento e talvez por um período maior ainda.
O aumento da atividade física é extremamente importante para o programa de controle de peso de crianças. A inatividade, geralmente associada a assistir televisão em excesso ou sentar-se diante de um computador, deve der mudada para que a criança eventualmente consiga atingir o objetivo de peso a longo prazo. Estudos monitoram os efeitos de assistir televisão sobre as crianças. As medidas de gasto de energia são menores enquanto a criança assiste televisão do que durante o repouso na faixa de 8 a 12 anos, especialmente nas crianças obesas. A conclusão de que passa tempo favoritos sedentários favorecem a obesidade em crianças é significantes para conselheiros de nutrição e médicos que trabalham com esta população.

Fonte: Krause
(Clic na Imagem)

3 comentários:

school loan disse...

Well its nice.


school loan

Laene Ribeiro disse...

Pois é menina!
Eu e estes meus textos loucos...

Adoro quando me visita, embora eu tenha estado ausente do seu, affff muito trabalho...
Mas oh!, sempre que der passo aqui ok!

Beijosssssssssss

Anônimo disse...

bom minha filha nunca teve este problema, mas depois de minha mae morar comigo por 1 ano eu vi q ela comecou a engordar, hj com 7 anos esta muito dificil mudar os habitos dela, pois o q ela mais gosta é um bom prato de comida, nao é nem tanto , doces, salgdos ,chocolates,ela engorda pela comida, e hj sem minha mae estou maneirando na alimentacao dela , ela tinha q perder 6 quilos hj tem q perder 4, nao e nada facil,e em seu blog vc so passou informacoes,acheiq aqui teria dicas,qual a melhor alimentacao, melhor esporte,horarios para se alimentar, sei la parece q vc pegou um dicionario ou enciclopedia e postou aqui, desculpe a sinceridade, mais sera bom para vc e para os q passam por esta situacao, um abcoo