quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Quem é o Nutricionista?



Como atua esse profissional e quais são suas habilidades?

O nutricionista é um profissional da área de saúde, com formação generalista, humanística e crítica, capacitado a atuar visando a segurança alimentar e a atenção dietética, em todas as áreas do conhecimento em que a alimentação e nutrição se apresentam fundamentais para a promoção, manutenção e recuperação da saúde e para a prevenção de doenças de indivíduos ou grupos populacionais, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida, pautado em princípios éticos, com reflexão sobre a realidade econômica, política, social e cultural. Quanto à formação do nutricionista, dentro dos conteúdos curriculares da graduação em nutrição incluem-se Ciências da Alimentação e Nutrição (nutrição humana e dietética; gestão de unidades de alimentação e nutrição, técnica dietética, patologia de interesse da nutrição, dietoterapia, avaliação nutricional, vigilância nutricional, nutrição experimental, educação alimentar e nutrição em saúde coletiva) - Ciências dos Alimentos (bromatologia, microbiologia dos alimentos e higiene, vigilância sanitária e controle de qualidade dos alimentos), além de conteúdos de Ciências Biológicas e de Saúde e de Ciências Sociais, Humanas e Econômicas. E em relação à pós-graduação, várias universidades e centros acadêmicos oferecem cursos "strictu sensu" e "latu sensu" nas áreas de nutrição e saúde pública, bases experimentais da nutrição e ciência dos alimentos, entre outras, e cujos cursos passam pelo crivo de instituições avaliadoras do ensino na pós-graduação.

Dentre as atividades privativas do nutricionista, previstas na Lei 8.234/91, destacam-se as seguintes competências e habilidades:

Dirigir, coordenar e supervisionar cursos de graduação em nutrição;

Planejar, organizar, dirigir, supervisionar e avaliar serviços de alimentação e nutrição;

Planejar, coordenar, supervisionar e avaliar estudos dietéticos;

Ensinar matérias profissionais dos cursos de graduação em nutrição e disciplinas de nutrição e alimentação nos cursos de graduação da área de saúde e afins;

Desenvolver atividades de auditoria, consultoria e assessoria em nutrição e dietética;

Prestar assistência e educação nutricional a coletividades ou indivíduos, sadios ou enfermos, em instituições públicas e privadas e em consultório de nutrição e dietética;

Prestar assistência dietoterápica hospitalar, ambulatorial e em nível de consultórios de nutrição e dietética, prescrevendo, planejando, analisando, supervisionando e avaliando dietas para enfermos.

Além das atividades referidas acima, destacamos outras que são relacionadas com alimentação e nutrição humanas, também prevista em legislação: Elaborar informes técnico-científicos;

Desenvolver e avaliar novas fórmulas ou produtos alimentares visando sua utilização na alimentação humana;

Prestar assistência e treinamento especializado em alimentação e nutrição;

Exercer controle de qualidade dos alimentos em sua área de competência;

Atuar em marketing em alimentação e nutrição;

Avaliar, diagnosticar e acompanhar o estadoi nutricional de indivíduos e grupos populacionais; Desenvolver e aplicar métodos e técnicas de ensino em sua área de atuação;

Atuar na formulação e execução de programas de educação nutricional, de vigilância nutricional, alimentar e sanitária.

Conforme observado, o nutricionista é um profissional cujo exercício é realizado dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética, tendo em conta que a responsabilidade da atenção à saúde não se encerra com o ato técnico, mas com a solução do problema em nível individual e/ou coletivo.

2 comentários:

Richard Guilherme disse...

Muito interessante!!!!

@lucasantos71 disse...

Faz mais de década que não trabalho com nutricionistas, foi bom ler sobre esta profissão. Lembro que as pessoas não tem ideia do que se passa numa cozinha industrial, o trabalho realizado para que tudo saia bem. A preocupação com a qualidade e a higiene dos alimentos e sua importância para nossa saúde.