terça-feira, 21 de julho de 2009

Método Canguru

O que é o método canguru?

O Método Canguru foi idealizado na Colômbia em 1979 pelos doutores Reys Sanabria e Hector Martinez. Surgiu como uma proposta para a melhoria dos cuidados prestados aos recém-nascidos pré-termos e de baixo peso, com o objetivo de reduzir custos da assistência perinatal, além de promover o vínculo afetivo, a estabilidade térmica e melhorar o desenvolvimento desses recém-nascidos através do contato pele a pele precoce entre a mãe e o seu bebê (BRASIL, 2002). Na atualidade o Método Canguru pode ser conceituado como uma tecnologia voltada para o cuidado humanizado.

Como o método é desenvolvido?

No Brasil, em dezembro de 1999, foi lançada a Norma de Atenção Humanizada ao Recém-Nascido de Baixo Peso – Método Canguru, que diferencia a posição canguru do método propriamente dito. Enquanto a posição canguru consiste em manter o recém-nascido de baixo peso ligeiramente vestido, em decúbito prono, na posição vertical contra o peito de um adulto, o Método Canguru é um tipo de assistência neonatal que implica o contato pele a pele precoce entre a mãe e o recém-nascido de baixo peso de forma crescente e pelo tempo que ambos entenderem ser prazeroso o suficiente, permitindo uma maior participação dos pais no cuidado de seu recém-nascido e o envolvimento da família (BRASIL, 2002).

Quem pode participar do método canguru além da mãe?

Pode participar do método, além da mãe, o pai ou qualquer outro familiar adulto, desde que sejam orientados e acompanhados por uma equipe de saúde adequadamente treinada.

Quais os benefícios que o método canguru traz para o recém-nascido e para a mãe?

Os principais benefícios do Método Canguru são aumentar o vínculo mãe-filho; diminuir o tempo de separação entre mãe e filho; evitar que o recém-nascido fique longos períodos sem estimulação sensorial; estimular o aleitamento materno; melhorar e estimular a competência e a confiança dos pais no manuseio de seu filho de baixo peso, mesmo após a alta hospitalar; melhorar o controle térmico do recém-nascido; diminuir o número de recém-nascidos em unidades de cuidados intermediários, devido à maior rotatividade de leitos; melhorar o relacionamento da família com a equipe de saúde; diminuir a ocorrência de infecção hospitalar; e diminuir a permanência do recém-nascido no ambiente hospitalar.

Qual a população a ser atendida pelo método canguru?

Podem ser beneficiados pelo Método Canguru recém-nascidos de baixo peso e/ou pré-termo, desde sua admissão na UTI até a alta hospitalar, quando são acompanhados em ambulatório especializado. Também podem ser beneficiadas gestantes em situações clínicas ou obstétricas de maior risco para o nascimento de crianças de baixo peso.

É possível realizar o método em qualquer hospital?

Sim, porém o Ministério da Saúde, através da Portaria Nº 693, de 5 de julho de 2000, recomenda que toda a equipe de saúde responsável pelo atendimento da mãe e filho conheça todo o método e esteja adequadamente treinada, para que este possa ser aplicado. Enfatiza-se, portanto, a necessidade da mudança de comportamento e filosofia profissional para que a implantação dessa atenção humanizada não sofra solução de continuidade em nenhuma de suas etapas.

Qual é o papel da equipe de saúde que acompanha mãe e familiares durante as etapas do método?

Para a implementação do Método Canguru, é preciso, antes de qualquer outra ação, a mudança de atitude por parte da equipe de saúde e da família no manuseio do recém-nascido de baixo peso com necessidade de hospitalização. Além disso, a equipe de saúde deve oferecer suporte emocional, além de estimular e orientar os pais e familiares em todos os momentos da hospitalização e após a alta do RN; encorajar e incentivar o aleitamento materno; desenvolver ações educativas; desenvolver atividades recreativas para as mães durante o período de permanência hospitalar; participar de treinamento em serviço como condição básica para garantir a qualidade da atenção; orientar a família na hora da alta hospitalar, criando condições de comunicação com a equipe; e garantir todas as possibilidades já enumeradas de atendimento continuado.

Fonte: Referências:BRASIL, Ministério da Saúde. PORTARIA Nº 693, DE 5 DE JULHO DE 2000. Brasil, Ministério da Saúde. Atenção humanizada ao recém-nascido de Baixo Peso - Método Mãe-Canguru - Manual Técnico. Brasília, 2002.

5 comentários:

MMO disse...

thanks for your site

Connect with me now.

you are always welcome to me.

Best regard @

Amiga do Cafa disse...

Seu blog é criativo e informativo.
Interessante e bem diferente.
Gostei.
Obrigada por me seguir.
Estou seguindo você também
Beijão !

uuuuuuu disse...

muito legal

uuuuuuu disse...

muito legal

WWW.MERCADOZETS.COM.BR disse...

compre desse site http://www.mercadozets.com.br/ e gostei o site entrega rapido e com nota fiscal e garantia

tem berço eletronicos celulares tv notebook computador acessorios para carros brinquedos artigos infantis e muito mais

... tem mais de 2000 produtos
...
CANGURU

http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?texto=Canguru&IDCategoria=110

artigos para bebe/infantil
http://www.mercadozets.com.br/ListaProdutos.asp?idCategoria=110