domingo, 27 de dezembro de 2009

Para escolhas mais saudáveis, leia e entenda os rótulos dos produtos.


Consulte sempre as informações nutricionais nos rótulos dos alimentos. Elas ajudam você a fazer escolhas mais saudáveis.
Segundo o Ministério da Saúde (MS), aproximadamente 70% dos brasileiros consultam os rótulos dos alimentos no momento da compra. Apesar desse hábito saudável, mais da metade não entende corretamente o significado das informações. Estampar informações nutricionais nos rótulos chama-se Rotulagem Nutricional. É um procedimento obrigatório no Brasil desde 2003 para que os consumidores conheçam as propriedades nutricionais dos alimentos e, dessa forma, possam fazer escolhas mais saudáveis.
Essa Tabela Nutricional deve indicar as informações por porção, ou seja, na quantidade média que deveria ser consumida por pessoas sadias durante as refeições. Por exemplo: 1 colher de sopa de queijo ralado (10g) e 1 copo de suco (200 mL). Essa tabela também deve mostrar quanto a porção daquele alimento contribui em energia e nutrientes em relação a uma dieta de 2.000 calorias, ou seja, o Percentual de Valor Diário - %VD. Confira no quadro a seguir o que são os nutrientes declarados nas Tabelas Nutricionais.

Valor Energético:
a energia produzida pelo nosso corpo ao consumir carboidratos, proteínas e gorduras totais. O Valor Energético vem expresso em forma de quilocalorias (kcal) e quilojoules (kJ).

Carboidratos: A principal função dos Carboidratos é fornecer energia para o corpo. Eles são encontrados em maior quantidade nas massas, no arroz, açúcar , mel, em pães, farinhas, tubérculos e nos doces em geral.

Proteínas:As Proteínas são necessárias para a construção e manutenção do nosso corpo. São encontradas em carnes, ovos,leites e derivados, ou em leguminosas (feijões, soja e ervilhas).

Gorduras Totais: São fontes de energia e ajudam no aproveitamento das vitaminas A, D, E e K. As gorduras totais referem-se à soma de todos os tipos de gorduras encontradas em um alimento.

Gorduras Saturadas
:Presentes em alimentos de origem animal, como: carnes, toucinho, pele de frango e queijos. Quando consumidas em grandes quantidades, podem aumentar o risco de doenças cardíacas.

Gorduras Trans:Encontradas na carne, no leite e nos alimentos industrializados que utilizam gorduras vegetais hidrogenadas em sua preparação. O excesso de Gordura Trans pode aumentar o risco de doenças cardíacas.

Fibras Alimentares:Estão presentes em alimentos de origem vegetal, como frutas, hortaliças, feijões e alimentos integrais. A ingestão de fibras auxilia o funcionamento do intestino.

Sódio: É encontrado no sal de cozinha e em alimentos industrializados. O consumo excessivo de sal pode levar ao aumento da pressão arterial

O Ministério da Saúde (MS) orienta os consumidores a preferirem alimentos com conteúdo aumentado de fibras alimentares e pobres em gorduras saturadas, gorduras trans e sódio. Na próxima visita ao supermercado, procure pelas informações nutricionais nos rótulos dos produtos e leve mais saúde para sua casa.

Um comentário:

Profª. Vânia Almeida disse...

Oi Marcela, tenho uma dúvida nos rótulos sobre a quantidade de sódio recomendada, pois nos rotulos sempre tem vários valores. Qual o certo?

bjos