domingo, 31 de julho de 2011

Sul lidera consumo de macarrão


HERANÇA DA NONNA

A erva-mate que embala as rodas de chimarrão, o clima frio e a colonização italiana explicam parte dos dados revelados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): a região é campeã no consumo per capita de chás (entraram na pesquisa o chimarrão, o tererê, o chá preto e outros), macarrão e pizza. É também a região que mais consome vinho, refrigerante e salada de frutas no país.

A Pesquisa de Orçamentos Familiares indicou ainda que as regiões Sul e Sudeste têm as menores médias diárias de ingestão de colesterol. Por outro lado, a região Norte registrou os valores mais elevados de consumo. Para os diferentes tipos de gordura (ácidos graxos, saturadas, monoinsaturados e trans), destacaram-se as regiões Sul e Sudeste com as maiores médias de ingestão.

No que se refere à participação dos açúcares no total das calorias diárias, o limite máximo de 10% é extrapolado em todas as regiões. No caso do Sul e do Sudeste, foram identificadas as maiores participações dos açúcares no total das calorias diárias, com destaque para as adolescentes do sexo feminino, em torno de 26% de participação.

Pão e carne bovina também são preferências nacionais

Por outro lado, a dupla arroz e feijão segue como os produtos mais consumidos diariamente pelos brasileiros, junto do café. A pesquisa foi feita durante um ano por meio de formulários preenchidos por mais de 34 mil pessoas relatando o que comeram e beberam durante dois dias.

Também estão na relação de preferidos pela população na hora de se alimentar o pão e a carne bovina, que foram consumidos por 63% e 48,7% dos entrevistados, no primeiro dia de pesquisa, respectivamente.

Os brasileiros da Região Centro-Oeste são os que mais consomem arroz, carne bovina e leite integral. No Sudeste, o consumo de feijão teve destaque, assim como o da batata-inglesa e do iogurte, também preferências no Sul.

Entre todas as diferenças alimentares do Norte e as outras regiões brasileiras, a farinha de mandioca lidera as variações. Enquanto no Norte, 40% da população consome diariamente o produto, no Sul, Sudeste e Centro-Oeste, apenas 5% dos entrevistados disseram comer todos os dias a farinha.

– Já se sabe que o consumo de farinha é tradicional no Norte e Nordeste. Só não tínhamos uma medida. Assim como esperávamos o consumo alto de chás no Sul – avaliou André Martins, pesquisador do instituto.

Fonte: CRN2 http://www.crn2.org.br/index.php?pagina=noticia&&id=795

Um comentário:

Larissa Carvalho disse...

Huuum que gostoso, não sou do sul mas amo macarrone da nona! rsrsrs

*Quer saber um pouco mais sobre alimentação, make, esmaltes e afins? Venha conhecer o www.nutricionistafashion.blogspot.com
Dúvidas? nutri.larissacarvalho@hotmail.com
Bjos e ótimo domingo!*